Criador de herói brasileiro diz que personagem foi injustiçado em filme dos X-Men

Criador de herói brasileiro diz que personagem foi injustiçado em filme dos X-Men

Representante do Brasil na Marvel, Mancha Solar teve somente dois minutos nas telonas e ainda foi interpretado por um ator mexicano.

  

Todo mundo sabe que o universo Marvel nos quadrinhos é muito extenso, e nos cinemas está se expandindo cada vez mais, seja com os filmes da Marvel ou da Fox, que detém os direitos cinematográficos dos X-Men e doQuarteto Fantástico, próximo filme do estúdio, com estreia marcada para o dia 6 de agosto.

Mas você sabia que existe um super-herói brasileiro na Marvel e que ele chegou a aparecer em um filme? Roberto da Costa, o Mancha Solar foi criado pelo roteirista americano Chris Claremont nos anos 1980 com o objetivo de modernizar o universo de personagens da empresa e integrar os chamados Novos Mutantes (que incluíam um brasileiro e um vietnamita).

O herói brasileiro tem a habilidade de absorver energia solar e utilizá-la para aumentar sua força física e resistência. Salvo pela Dra. Moira MacTaggert de mercenários contratados para matá-lo, ele, posteriormente, se une aos X-Men. Só que isso foi nos quadrinhos. Então, você deve estar se perguntando que papel ele teve nas telonas? (Atenção para spoilers!).

O ator Adan Canto em X-Men: Dias de um Futuro Esquecido.O Mancha Solar participou da batalha contra os Sentinelas no início de X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido. Apesar de sua criação estar ganhando reconhecimento no universo cinematográfico, Claremont não está nada feliz, Spoiler:. Além disso, Roberto da Costa foi interpretado pelo ator mexicano Adan Canto. A Fox tá sabendo legal, hein…

Em entrevista à BBC Brasil, o roteirista afirmou: “O que se pode fazer? Quando há essa transição dos quadrinhos para a tela, o uso dos personagens acaba ficando diferente. Há uma variedade extraordinária de personagens no mundo dos X-Men, por exemplo, fica difícil montar uma história usando todo mundo. E isso leva a coisas como Bobby desaparecer logo no começo do filme”.

image

Claremont não voltou a trabalhar regularmente no personagem, já que escrevia histórias tanto para a Marvel quanto para a DC Comics, trabalhando nos quadrinhos do Batman e do Super-Homem. Mas, como o destino do Mancha Solar não tem lhe agradado muito, nem nos quadrinhos – nos quais o personagem se une aos Vingadores – nem nos cinemas, o roteirista procura redenção para Roberto:

“Adoraria ter a chance de voltar a trabalhar com Bobby. Inclusive no cinema. Seria uma chance de explorar mais um personagem interessantíssimo por causa de todos os conflitos internos e externos na sua vida. Quem sabe essa chance não aparece num filme sobre os Novos Mutantes. E em breve?”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s